Em um comunicado à imprensa divulgado na terça-feira (8), o procurador-geral do estado de Ohio, nos EUA, abriu um processo contra o Google, solicitando que a empresa seja declarada como uma operadora de serviços públicos, da mesma forma que ferrovias, companhias de eletricidade e telefônicas.

Ao propor na prática um processo de estatização da gigante de Moutain View, o procurador-geral Dave Yost justificou a abertura do processo, afirmando que a empresa “utiliza o seu domínio das buscas na internet para direcionar os cidadãos de Ohio aos próprios produtos do Google, o que é discriminatório e anticompetitivo”.

Leia mais…

By midisul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons