Autoridades da China prenderam mais de 1.100 pessoas sob a acusação de lavagem de criptomoedas. A medida é uma das ações do governo chinês para reprimir as fraudes envolvendo criptoativos, de acordo com o Ministério da Segurança Pública do país. A operação teve como alvo em torno de 170 gangues de diferentes áreas do território chinês.

Recentemente, o presidente chinês, Xi Jinping, pediu um foco especial na repressão a fraudes e crimes financeiros, o estopim para isso foi uma grande fraude de telecomunicações, descoberta no ano passado. Na ocasião, as autoridades descobriram dezenas de milhares de golpes financeiros. Sendo assim, o esquema de lavagem de Bitcoins é só mais uma das ações tomadas pelo governo chinês para impedir essa e outras fraudes.

De acordo com as autoridades chinesas, o problema não são necessariamente as criptomoedas, mas os crimes financeiros, fraudes no setor de telecomunicações e de crédito. Ao invés disso, as autoridades têm focado em um esquema que usa este tipo de ativo para lavagem de dinheiro, tendo como objetivo, principalmente, impedir a aplicação de uma lei chinesa que permite a interceptação do dinheiro antes que ele seja depositado em bancos.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post China prende mais de 1.100 pessoas por lavagem de criptomoedas apareceu primeiro em Olhar Digital.

Source

By midisul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons