Fenômeno, também chamado de ‘dança dos planetas’, só acontecerá novamente em 2040. Veja melhor horário para observar. Na madrugada de 24 de junho, a lua crescente se junta à formação planetária.
Sky & Telescope
Desde o começo do mês, cinco planetas do Sistema Solar (Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno) estão visíveis no céu ao mesmo tempo. Agora, na madrugada desta sexta-feira (24), observadores do mundo inteiro terão a melhor oportunidade para ver o raro ‘alinhamento’ quíntuplo.
De acordo com o AccuWeather, os planetas são brilhantes o suficiente para serem vistos a olho nu. E nesta sexta, a lua crescente também estará alinhada aos astros, brilhando entre Vênus e Marte.
O melhor horário para ver os cinco planetas e a Lua é 30 minutos antes do nascer do sol. Segundo a Nasa, a agência espacial norte-americana, a Lua se juntará a essa “dança dos planetas” nos próximos dois dias. Mercúrio, que era o planeta mais díficil de ser observado até então, também poderá ser visto, até que os raios solares dificultem o flagra.
Calendário astronômico: eventos para se observar no céu em 2022
Foto inédita de buraco negro no centro da Via Láctea é divulgada por cientistas
Astrônomo registra alinhamento de planetas e lua no céu; veja fotos
Este fenômeno raro não ocorre desde dezembro de 2004 e, este ano, a distância entre Mercúrio e Saturno será menor, segundo a revista Sky & Telescope.
Astrônomo registra alinhamento de 4 planetas e da Lua no céu de Goiânia, Goiás, em junho de 2022.
Arquivo Pessoal Clayton Gubio
Não é preciso nenhum equipamento especial para assistir ao espetáculo, basta ter uma visão limpa e desobstruída do horizonte.
Segundo os astrônomos, um outro evento do tipo só ocorrerá em 2040.
Superlua é vista no céu de Porto Velho em 26 de maio de 2021
Mario Venere/Arquivo pessoal
RSS (Globo) – clique para ver a notícia na fonte original

By midisul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons